Alberto Alemanno, professor de Direito na Universidade de Nova York, cita na Revista Exame a Gastromotiva como bom exemplo de lobby no Brasil

[:pb]Na edição da Revista Exame de 25.10.2017, Alberto Alemanno, professor de Direito na Universidade de Nova York e na escola francesa de negócios HEC, defende que a melhor forma de superar a insatisfação das pessoas com a política é formar uma geração de cidadãos lobistas pelo mundo.

De acordo com Alemanno, cidadãos lobistas aproveitam as vantagens oferecidas pela democracia e atuam na busca por políticas públicas causadoras de impacto social. No Brasil, ele cita David Hertz, fundador da Gastromotiva, como “um bom exemplo de cidadão lobista”.

Na visão do professor, a Gastromotiva foi criada com o propósito de transformar a vida de pessoas em vulnerabilidade social oferecendo a elas cursos de culinária, o que representa uma grande mudança para a comunidade.

Para acessar a reportagem na íntegra, clique aqui.[:en]In the October, 25 issue of Exame Magazine, Alberto Alemanno, a law professor at the New York University and the French business school HEC, argues that the best way to overcome people’s dissatisfaction with politics is to form a generation of citizen lobbyists in the world. 

According to Alemanno, citizen lobbyists take advantage of the democracy and act in the pursuit of public policies that cause social impact. In Brazil, he cites David Hertz, founder of Gastromotiva, as “a good example of citizen lobbyist.” 

In the professor’s view, Gastromotiva was created with the purpose of transforming the lives of people into social vulnerability by offering them culinary courses, which represents a great change for the community. 

To access the full article, click here.[:]

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *