Alberto Alemanno, professor de Direito na Universidade de Nova York, cita na Revista Exame a Gastromotiva como bom exemplo de lobby no Brasil

Na edição da Revista Exame de 25.10.2017, Alberto Alemanno, professor de Direito na Universidade de Nova York e na escola francesa de negócios HEC, defende que a melhor forma de superar a insatisfação das pessoas com a política é formar uma geração de cidadãos lobistas pelo mundo.

De acordo com Alemanno, cidadãos lobistas aproveitam as vantagens oferecidas pela democracia e atuam na busca por políticas públicas causadoras de impacto social. No Brasil, ele cita David Hertz, fundador da Gastromotiva, como “um bom exemplo de cidadão lobista”.

Na visão do professor, a Gastromotiva foi criada com o propósito de transformar a vida de pessoas em vulnerabilidade social oferecendo a elas cursos de culinária, o que representa uma grande mudança para a comunidade.

Para acessar a reportagem na íntegra, clique aqui.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *