Depois de Davos, Gastromotiva traz inovação e impacto social por meio da gastronomia para o Encontro em São Paulo

Resgatando os alimentos excedentes do catering oficial no Fórum Econômico Mundial América Latina, organização leva o Catering de Gastronomia Social para a conferência e dá oportunidade a jovens de comunidades em exclusão socioeconômica de São Paulo

Depois de sua quarta participação consecutiva no Fórum Econômico Mundial (FEM), realizado em Davos, na Suíça, entre 23 e 26 de janeiro, a Gastromotiva participa da edição latino-americana da conferência. Na ocasião, junto com o hotel Grand Hyatt São Paulo, a organização promove ação socioambiental que, de dentro da cozinha do hotel e seguindo as diretrizes do Movimento da Gastronomia Social, visa combater o desperdício de alimentos e gerar oportunidades.

Nesta edição do evento que acontece em São Paulo, nos dias 13 a 15 de março, o chef, fundador da Gastromotiva e Young Global Leader, David Hertz, transforma o excedente de alimentos do catering oficial do evento em novos pratos e / ou componentes do menu oficial oferecido aos participantes. Ao lado dele e do Chef Executivo do hotel, Thierry Buffeteau, está uma equipe com nove ex-alunos formados pela Gastromotiva que, ao vivo, trabalhará em direção à redução do impacto e desperdício de alimentos em eventos de grandes portes. “A Gastromotiva está determinada a combater o desperdício de alimentos em grandes eventos. Fizemos isso nas últimas duas edições do FEM em Davos e agora é hora de trazer o Catering de Gastronomia Social para o Brasil”, afirma David Hertz.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *