Prêmio Empreendedor Social 2020, por David Hertz

Em 2009 a Gastromotiva completou 3 anos e tinha recém-saído da minha casa para uma cozinha de eventos na Lapa, em São Paulo. Eu era professor de gastronomia na Universidade Anhembi Morumbi e já se passavam 6 anos de experiência no campo do empreendedorismo social, que é o meu norte e onde coloco em ação meu propósito.  

Quando naquele ano ganhamos o primeiro Premio Empreendedor Social de Futuro da Folha de São Paulo eu tive uma certeza e um pensamento. Primeiramente me senti pleno e trilhando o caminho certo, mesmo com todos os desafios da falta de dinheiro, equipe e tudo que acontece quando empreendemos. Éramos novos e eu tinha medo. O pensamento e insight no dia do premio foi: A gastronomia social será a gastronomia do futuro! 

Onze anos depois, passamos por 4 países e 4 cidades brasileiras com a metodologia de diversas formações profissionais replicadas a mais de 6.000 alunos, 1 movimento global de gastronomia social com representantes em mais de 52 países e 1 restaurante escola comunitário no Rio de Janeiro que demonstra na prática tudo que acreditamos, chegamos a 2020. 

O sentimento desse ano é que fui preparado por toda a vida para chegar nesse momento e com muitas reflexões na Gastromotiva e no campo da gastronomia social. A Gastronomia brasileira evoluiu e durante a pandemia muitos chefs e restaurateurs transformaram seus restaurantes para entregar quentinhas e poder manter seus funcionários e não desperdiçar na que tinham em estoque. Empreendedores de comida ativistas em diversas causas LGBT, antirracista, entre outras que carregam no seu nome sua identidade ganharam sua voz e mais clientes. Vocês conhecem a Sapa Vegana, o Pão que o Diabo Amassou? Segue já porque isso tudo é gastronomia social, a que luta contra qualquer preconceito e promove a equidade. 

Nosso grupo no whatsapp do SGM Brasil, o Social Gastronomy Movement, todas as ONGs deram as mãos e nos apoiamos um ao outro o ano inteiro. Toda oportunidade compartilhada e cada conquista celebrada. Coletivos nasceram para entregar quentinha em muitas cidades e eu vi a Gastronomia Social, Solidária, Transformadora, de impacto social se firmar no Brasil e no mundo.  

Com o covid-19, a o Refettorio Gastromotiva se transformou em um Banco de Alimentos e direcionou ingredientes para mais de 40 ONGs no Rio. No Brasil e no México a Gastromotiva co-criou com seus alunos as Cozinhas Solidarias. Foram 52 montadas em 3 meses para atender e impactar cerca de 400.000 pessoas. No total, com os dois projetos foram mais de 700.000 refeições. 

Mas ser coroado com o Premio Empreendedor Social do Ano em meio a um ano que tantas iniciativas incríveis aconteceram é um privilégio. Sei que somos representantes de todos que acreditam que a gastronomia atual é aquela que transforma vidas! 

Agora, para finalizar, o que mais me emociona hoje é a grande maioria desses cozinheiros sociais se despertando para serem agentes comunitários e montando negócios sociais, cozinhas comunitárias! Eu me vejo neles há 15 anos atrás quando eu tive aquele insight de transformar a nossa pequena cozinha de casa em uma escola com minha eterna inspiração Uridéia Andrade e o Ernani Gouvea! Esses empreendedores trazem seus vizinhos, familiares, amigos para cozinhar. Se associam a outras organizações para fornecer quentinhas. Fazem parceria com fornecedores. São responsáveis e conectados com seu entorno! Eles agora estão determinados a continuar. As cozinhas solidarias deram um significado a mais nas suas vidas como na minha, um caminho sem volta. Quando é feito com amor se torna uma missão de vida, quando é feito com visão se torna projeto de vida e isso nós temos de sobra pois sabemos que não estamos juntos. 

Gratidão ao Instituto Coca-Cola Brasil que acreditou. Agora além de formar indivíduos vamos nos dedicar ao desenvolvimento local e saibam que pode ser desde um assentamento, uma ocupação, uma favela, um bairro, uma cidade. Na Gastromotiva não nos conformamos com o status quo, não deixamos ninguém para trás. Se existir fome vamos alimentar, se tiver desemprego vamos oferecer oportunidades, se tiver desperdício vamos criar soluções, se tiver má alimentação vamos criar acesso e informar, direcionar. A Gastromotiva é essa locomotiva de vários vagões que vão andando junto. No meu caso, eu adoro desenhar os caminhos e colocar os trilhos. A visão se tornou realidade e agora é garantir que as próximas gerações continuem a transformar sua sociedade.  

Sigo determinado a transformar a vida de 10 milhões de pessoas até 2030. É meu compromisso de vida desde agosto de 2019! Se sentir o chamado, é só chegar junto! Uma homenagem a todos os colaboradores da Gastromotiva desde sua concepção. Vocês são muito incríveis! Vamos juntos nessa! Gratidão Folha de São Paulo e Fundação Schwab!  

David Hertz

+3

One thought on “Prêmio Empreendedor Social 2020, por David Hertz

  1. Claudia Maria da Silva Queiroga says:

    Foi muito emocionante assistir ess premiação pois foi uma grande oportunidade de ver e sentir que existe um Norte a seguir e que Vc David Hertz é um excelente condutor desse navio grandioso chamado Gastromotiva e gastronomia social. Tenho tanto orgulho de ter dado o meu Sim e me encontrar de verdade neste trabalho vou lhe ser grata a vida toda, por me mostrar esse mundo mágico. Parabéns a todas as suas premiações.

    0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *