Gastromotiva lança Programa de Formação em Cozinha Social

Em novembro, a Gastromotiva deu início ao “Programa de Formação em Cozinha Social”, com o objetivo de trazer uma formação de cozinheiros sociais com base em empreendedorismo.

Diferentemente do curso regular de empreendedorismo da organização, o “Empreenda, Faça e Venda”, que foca no desenvolvimento pessoal do cozinheiro empreendedor, o Programa de Formação tem o intuito de trazer uma formação empreendedora mais abrangente, voltada para solucionar problemas locais e comunitários. Para isso, serão incluídos no currículo temas como empreendedorismo social e periférico e disciplinas como economia circular e criativa.

“A equipe de educação aposta que com essa formação será possível ampliar a dimensão sociopolítica da comida e possibilitar a criação de negócios e projetos sociais, que atuem nos territórios periféricos, se apropriando da gastronomia como instrumento de inovação e impacto social” diz Caroline Reis, coordenadora pedagógica da Gastromotiva.

É a primeira vez que a organização aposta no formato de Programa, que tem a duração de 6 meses e contará com mentoria e projeto final de avaliação. A formação semipresencial aposta no uso de tecnologias de ensino, como vídeoaulas, zoom e telegram para tornar o aprendizado mais dinâmico.

O “Programa de Formação em Cozinha Social” da Gastromotiva é apoiado pelo Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro e pelo Instituto BRF.

+2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *