Como
Atu
amos

A Gastromotiva atua em São Paulo desde 2006 e chegou ao Rio de Janeiro em 2013. Em breve, estaremos presente em outras cidades do Brasil e na América Latina!

Hoje, realizamos cursos de capacitação, eventos e projetos, como o Multiplicadores e a Rede Empreendedores de Comunidades, no Rio.
Procuramos sempre inovar e criar diferentes oportunidades para promover e disseminar o potencial, poder e responsabilidade da gastronomia como um agente capaz de transformar vidas e lugares.

Realização

Educação é a chave para a mudança. Criamos e oferecemos cursos de capacitação para jovens de baixa renda e pessoas em situação de vulnerabilidade social; programas de apoio para microempreendedores e formação de multiplicadores.

Acreditamos que assim podemos levar oportunidades para jovens talentosos que tem paixão pela comida e cozinha, e que de fato passam a enxergar na gastronomia uma forma de se desenvolver. Queremos formar cidadãos mais conscientes e preparados para o mercado de trabalho contribuindo com seu crescimento pessoal, profissional e também das comunidades onde vivem.

Inspiração

O que nos inspira diariamente é a ideia de disseminar o potencial e ampliar a responsabilidade social da gastronomia. Só assim é possível repensar o mercado e, juntos, transformar mais vidas e criar mais oportunidades. Fazemos isso por meio de entrevistas, reuniões, palestras, eventos e todo tipo de experiência que possa trazer um novo olhar sobre a gastronomia.

Prêmios e Reconhecimentos

Um bom trabalho sempre é reconhecido.
A Gastromotiva se tornou referência nacional por seu poder transformador, tanto no mercado gastronômico quanto no terceiro setor. A organização já recebeu prêmios e homenagens, em nome do chef e fundador David Hertz, que valorizam as iniciativas e projetos
que nos comprometemos a realizar. Confira ao lado
a lista completa.

Prêmio Especial do Júri – Rio Gastronomia – Jornal O Globo – 2013
Homenagem Brazil Foundation – 2013
Paulistano Nota 10 – Revista Veja São Paulo – 2012
Prêmio Empreendedor Social
do Futuro pela Folha de S. Paulo – 2009
Prêmio Responsabilidade Social na Gastronomia - Revista Prazeres da Mesa – 2008

David Hertz é Young Global Leader pelo Fórum Econômico Mundial desde 2012, Fellow Ashoka e Empreendedor Artemisia.

Mídia

A história da Gastromotiva já foi contada de diversas maneiras e por diferentes vozes e pontos de vista. Marília Gabriela, Fátima Bernardes, Folha de S.Paulo, O Estado de S.Paulo, O Globo, Revista Claudia, Vejinha, Revista Exame, GloboNews, Record News, inúmeros portais da internet e revistas customizadas, como a da companhia aérea TAM. Confira algumas dessas aparições e acompanhe as novidades em nosso blog!

  • Titulo

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

  • Diego dos Santos

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur. Excepteur sint occaecat cupidatat non proident, sunt in culpa qui officia deserunt mollit anim id est laborum.

Histórico

Histórico da Gastromotiva

A essência da organização sempre foi o desenvolvimento humano. O embrião da Gastromotiva como conhecemos hoje começou em 2004, com o projeto Cozinheiro Cidadão, criado pelo chef David Hertz, na favela do Jaguaré, zona oeste de São Paulo. O projeto tinha o mesmo propósito: capacitar jovens para o trabalho como auxiliar de cozinha, com aulas teóricas, práticas e também conceitos de cidadania e meio ambiente. O impacto foi imenso dentro da comunidade, um sucesso no mercado gastronômico e foi além: chegou na ONU (Organização das Nações Unidas), sendo reconhecido entre “as melhores práticas para inclusão social” do mundo.

No ano seguinte, a aluna Uridéia Andrade da Costa, na época com 19 anos, foi selecionada para representar o projeto na Exposição "Chasing the Dream - Conquistando Sonhos", na sede da ONU, em Nova York, que tinha como objetivo divulgar as 8 Metas do Milênio – entre elas: “Incentivar a Formação Profissional de Jovens em Desvantagem Social”. Logo ela se tornaria parceira do chef David Hertz na criação da Gastromotiva, a partir da vontade dos dois de transformar mais vidas e fazer com que mais jovens fossem protagonistas de seu próprio desenvolvimento.

Nascia o primeiro projeto de negócio social que usaria a gastronomia como ferramenta capaz de promover educação, empregabilidade e geração de renda. A primeira iniciativa foi o Curso Profissionalizante em Cozinha e Salão. Até hoje o curso atende jovens de 18 a 35 anos, com renda familiar de até 3 salários mínimos, sem qualificação profissional, porém com alto potencial e em busca de oportunidades de trabalho. Desde 2007 formou mais de 500 pessoas em São Paulo e atingiu um índice entre 80% e 90% de empregabilidade, no decorrer de um ano após o término do curso.

Ao mesmo tempo em que estava formando esses jovens, a Gastromotiva desenvolveu uma iniciativa para gerar recursos próprios e viabilizar o aprendizado na prática para os alunos do curso: o Bufê Gastromotiva, que realizava eventos corporativos e sociais, atendendo a clientes como as marcas Reebook e Camicado. Esse modelo foi mantido até 2011, quando foi decidido, após uma reformulação da organização, que a Gastromotiva assumiria o formato de organização social, focando seus esforços no Curso de Capacitação e outros projetos educacionais e próximos aos empreendedores das comunidades.

No mesmo ano de 2011, começou também o projeto piloto da Incubadora, implementando um programa de educação com oito microempreendedores de baixa renda. O programa foi realizado em parceria com a Aliança Empreendedora, sendo uma extensão do Curso Profissionalizante, desenvolvendo e potencializando pequenos negócios de alimentação em comunidades.

Hoje a Gastromotiva investe na formação de cada vez mais jovens de baixa renda, aumentando o número de turmas anualmente e criando outros projetos, como o Multiplicadores (link com a página que fala sobre o projeto), que busca impactar as comunidades como um todo. Além de eventos e palestras, que contribuem para a divulgação do Movimento da Gastronomia Social.

×

A Gastromotiva começa oficialmente sua história, registrada como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público), em 2006. Mas, antes disso, muitas experiências aconteceram para que esse formato fosse escolhido como o ideal para impactar mais jovens e transformar mais vidas e lugares, por meio da gastronomia. E definitivamente não é um modelo eterno, mas sim uma proposta que vai permanecer em constante adaptação, para alcançar melhores resultados a cada novo projeto implementado.

Leia Mais…